Amar y Servir 2016

¨Deus sempre nos reserva o melhor. Mas pede que nos deixemos surpreender pelo seu amor, que acolhamos as suas surpresas. Confiemos em Deus! Longe d’Ele, o vinho da alegria, o vinho da esperança, se esgota.”
Papa Francisco

Foi através desta citação do Papa Francisco que eu disse o meu SIM à Missão de preparar o caminho do Programa Amar & Servir 2016 em Belém, tão desejado e sonhado por tantos foi matéria de oração pelo antigo e pelo atual CEN, discernido com objetivo de romper fronteiras e carinhosamente preparado com várias reuniões virtuais, presenciais e visitas ao Norte do país para chegarmos a um bom trabalho. Chegada a fase de convite aos acompanhantes e palestrantes, com cada SIM recebido foi-se criando o corpo do Amar & Servir e cada sim recebido nos fortalecia. Chegava a hora de convidar a juventude para quem de fato estávamos preparando o programa. O tempo passava e aos poucos ela começava a se inscrever na experiência. Obstáculos começavam a aparecer e de modo tão humano batia o desânimo, o mau espírito sondava, mas Deus nos encorajava e muitas vezes o silêncio era a resposta do dia. A juventude aos poucos quebrava o silêncio com as mensagens de WhatsApp do grupo criado para comunicação, informação e tirar dúvidas, todas as formas de dúvidas: o que levar, como chegar - talvez pelo fato de o Norte ser uma região tão pouco conhecida para nós da CVX e por isso mesmo o desejo de estarmos presentes nesta região e fazer dela um campo de missão.

Os primeiros jovens começam a chegar com desejo de conhecer os sabores, o cheiro, os costumes, a dança e os lugares da região antes de iniciar o encontro. A partir daí idas e vindas ao aeroporto viraram rotina e a trilha sonora era o som de mensagem chegando no WhatsApp: “cheguei em Belém e não estou vendo nenhuma plaquinha com o meu nome”, “alguém vem me apanhar?”, “como eu faço para chegar no Centro Magis...” e aos poucos deixamos de ser apenas inscrição, foto e mensagens. Em apenas uma tarde já éramos familiares e já indicávamos um para o outro o sabor do sorvete mais gostoso da região... Fomos nos preparando para a missa de acolhida na comunidade dos jesuítas, celebramos juntos com a comunidade na Capela de Lourdes. 

Começou o Amar & servir 2016. Enquanto uns faziam sua experiência de retiro em silêncio, outros viviam o Amar & servir nos bastidores, entre idas a supermercado, feira, aeroporto... Os oitos dias foram se passando e a segunda etapa se aproximava. Os acompanhantes já se despediam dos jovens com a sensação de dever cumprido, de tê-los ajudado na caminhada e encontro com Deus.

Agora cada dia, um palestrante dava o tom do dia no Amar & Servir. Primeiro foi Padre Jackson SJ e Rosinha ao falarem sobre a vida de Sto. Inácio e da experiência dos exercícios. Pe Jackson SJ encantou a juventude se caracterizando de Sto. Inácio para a Rosinha entrevistar. No segundo dia Pe Agnaldo SJ falou sobre o voluntariado. No terceiro dia Pe Inácio SJ falou sobre o ser Cristão. 

No dia seguinte, fomos viver um dia missionário em três lugares e assim vivenciar na prática os oito dias de retiro e as duas primeiras palestras, para isso nos dividimos em três grupos: no abrigo João de Deus, a nossa missão foi ser presença com pessoas muito debilitadas pela idade, foram contadas histórias, escutamos, cantamos, dançamos, lanchamos e celebramos a vida e alegres saímos encantados com tantas histórias de vida. Na creche também o objetivo era ser presença, estar com as crianças e brincar fazendo da manhã delas uma manhã diferente com brincadeiras, lanche, música e saímos de lá também cheios de vida. Na Comunidade Antônio Maria Zacarias, preparou-se uma sopa para ser distribuída para as pessoas em situação de rua e algumas famílias carentes da redondeza, ajudando a picar e lavar os legumes e verduras, no preparo do cozimento, na distribuição da sopa e o tempo todo conversamos com as pessoas que iam receber a sopa, rezamos e brincamos, saímos também alimentados de escutar tanta experiência de vida ali contadas. Neste dia missionário a juventude teve também a oportunidade de conhecer um pouco de Belém e caminhar pelas ruas da cidade velha, nos reencontramos às 15 horas no Centro Magis para almoçarmos juntos e participar da celebração do Convivium, celebrada pelo Pe. Inacio, sj. Durante a partilha sobre a experiência do trabalho missionário rezamos e cantamos e no início da noite os jovens foram a Basílica da Nossa Senhora de Nazaré, Rainha da Amazônia, agradecer a experiência que cada um estava vivendo no Amar e Servir.

O quinto dia do Amar & Servir foi o dia de escutarmos sobre a comunidade CVX por meio de nosso coordenador nacional Alexandre que apresentou um vídeo com vários membros da CVX do Brasil e de fora falando da sua experiência na CVX e ao findar do dia cada jovem se vestiu do seu santo de devoção e o apresentou na dinâmica da “Corte Celestial”.

O sexto dia foi sobre Sexualidade, Afetividade e Diversidade foi uma troca de experiência conduzida por Inês, membro da CVX do Rio de janeiro e à noite P Inácio. SJ mais uma vez fez-se presente presidindo a missa de envio dando uma bênção a cada um dos participantes do Amar & Servir.

Viver esta “experiência de João Batista” no Amar & Servir foi muito gratificante ao preparar o caminho para a juventude caminhando com o próprio Cristo. Ver o Amar & Servir acontecer de uma maneira tão serena e estar aqui no Norte recebendo cada um de vocês membros da CVX e amigos inacianos foi muito gratificante.

O meu muito obrigado à juventude de Belém que trabalhou comigo nos bastidores do Amar & Servir, aos Jesuítas que nos apoiaram sempre e toda a família CVX e a cada jovem que disse SIM e veio viver esta experiência de Deus aqui no Norte.

Obrigado ao CEN por te me incumbido desta missão.

Colaboración de Gian Lopes Voluntário CVX em Belém, Brasil

“Celebrar meu viver pra no mundo ser mais. Faz de mim, Senhor
Aprendiz da verdade, justiça e da paz
Comungar Teu viver neste Vinho, neste Pão
Quero ser Senhor, novo homem nascido do Teu coração. ”
P Fabio de Melo